segunda-feira, 23 de maio de 2011

sacode a praça

Ai vão as fotos do "Sacode a Praça" em Leme, onde tive a oportunidade de expor minhas flautas e outros instrumentos jumto com o pessoal do PRO-JOVEM que também trabalha com reciclagem.























               Ô!!! Mulecada Pentelha!!! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Flauta-dupla de PVC

A  flauta-dupla, como o próprio nome diz, consiste basicamente de duas flautas unidas e tocadas ao mesmo tempo, de forma que uma delas é responsável pela harmonia (subindo e descendo oitavas) e a outra pela melodia.
A flauta-dupla tem origens remotas, utilizadas em diversas civilizações, ganhando destaque na Grecia antiga.



Afresco grego
  Treine seus olhos para a Reciclagem e procure abaixo: "onde está o wally"?...quer dizer, a Flauta?...



Canos de pvc retirados do ferro-velho

Muito facil...




 Flautas-duplas de pvc.
 Sim... Com canos de PVC, algumas conexões, uma torneira velha e criatividade é possivel construir flautas-duplas com exelente sonoridade e visualmente interessante, do ponto de vista de um encanador.(HA! HA!!!)


Comparação de tamanho das flautas-duplas com a flauta transversal.
Na foto acima a primeira Flauta-dupla(com torneira) esta afinada em lá (A) e a outra em fá (F).



video


video


Até a proxima!!!

quarta-feira, 11 de maio de 2011

"RABELATA"(rabeca de lata)

Durante a idade média a palavra Rabeca foi designada para um instrumento musical importado do Norte da África, chamado de Rebad. Nos dias atuais a Rabeca é um instrumento folclórico parecido com o violino, porem, cada região com seu proprio modelo, timbre e afinação.




Com materiais reciclaveis é possivel a construção de Rabecas peculiares, com exelente timbre, esteticamente bonitas e ecologicamente corretas.



"Rabelata"(rabeca de lata)

Em sua confecção  utilizei uma lata de nescau como caixa de ressonancia, cabo de enxada quebrada como braço, algumas peças de ferro velho como adornos, cordas e tarracha de violão.



Uma das caracteristicas das Rabecas e seu som fanhoso e muitas vezes tristonho.



video

Tenho em meu "acervo" outras Rabecas de outros mateiais que postarei mais tarde. Até!!!

sábado, 7 de maio de 2011

"flauta- bengala"

 

Violino-begala e Clarinete-bengala
    A música no passado tinha como uma de suas intenções a quebra no enorme silêncio nas ruas, nas cortes, nas igrejas e casas. Porém o que se fazer quando se estava viajando? Esta problemática inspiraram Luthiers (artesões que fabricam instrumentos musicais) do século XIX, a fazerem isntrumentos tradicionais mais compactos, desmontaveis e até mesno como adorno em seu visual, é o caso das curiosas  "flautas-bengala", "clarinetes-bengalas" e até "violino-bengala". 



 Utilizando um pedaço de cano de metal (suporte de antena), cabo de guarda-chuva (encontrado em caçanba de entulho) e rolha usada fiz minha propria  "flauta-bengala", afinada em  RÉ                                             





quarta-feira, 4 de maio de 2011

"Flauta da Era do Gelo"

                     Vejam  só , reciclagem não é algo novo,  nossos ancestrais cavernosos já tinham a consciência de reutilização de materiais em seu cotidiano. Foi encontrada recentemente em cavernas da Alemanha, flautas de osso de abutre de aproximadamente 35 mil anos, sendo o instrumento musical mais antigo do mundo, diz  Nicholas  J. Conard, arqueólogo da Universidade de Tübingen, Alemanha.






Tambem fiz minha Flauta "Cavernosa".Usei como matéria prima um osso de canela (tíbia) de avestruz, que ganhei de minha coléga Veternária Valéria (a "TENEBRÓSA") .Ossos de aves são ótimos para flauta pois são pneumáticos, ou seja, são ocos no seu interior, sendo mais leves para facilitar o voo .


osso pneumático

Na sua confecção, utilizei uma grosa redonda e fiz um bocal igual a uma flauta QUENA, com 8 furos e afinada em sol (G).





  





       
                A Flauta "Cavernósa", é a preferida de minha cachorra!!! HÉ! HÉ! HÉ!!!